Responsabilidade Social – Parte 1

23 08 2010

Olá,

Há tempos estou para escrever sobre responsabilidade social, porém devido à falta de tempo, demanda no trabalho e principalmente medo, estava adiando esse post. Medo ? Mas medo de que ? Da Hipocrisia.

É bem verdade. Responsabilidade Social é um termo muito abordado por grandes empresas e “grandes” pessoas, das quais colocam nesse tema, toda a responsabilidade de carregar o mundo nas costas. Mas até onde isso é verdade ? Até onde essas empresas realmente se importam com a verdadeira Responsabilidade Social.

Vamos começar pelo começo: O que é Responsabilidade Social ?

“Segundo o Livro Verde da Comissão Europeia (2001,a responsabilidade social é um conceito, segundo o qual, as empresas decidem, numa base voluntária, contribuir para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo. Com base nesse pressuposto, a gestão das empresas não pode, e/ou não deve, ser norteada apenas para o cumprimento de interesses dos proprietários das mesmas, mas também pelos de outros detentores de interesses como, por exemplo, os trabalhadores, as comunidades locais, os clientes, os fornecedores, as autoridades públicas, os concorrentes e a sociedade em geral.”
( Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Responsabilidade_social )

Sabendo o que é responsabilidade social, como podemos definir o conceito aplicado hoje, no Brasil, por grandes empresas ?

Acredito que hoje, as empresas estão muito mais focadas na propaganda. Vejo como exemplo o fracasso do Criança Esperança de 2010. Um projeto maravilhoso que conheço pessoalmente e posso garantir o quão verídico é sua contribuição com a sociedade. Agora, porque fracasso ? Simples: Não atingiu a meta (arrecadar 25milhões). O programa foi um saco. O pior dos últimos anos. A Xuxa não participou por não concordar com o projeto, o mesmo para outras personalidades e até para o Renato Aragão (Didi). Para piorar, a todo momento propaganda. OK, a empresa foi “legal” contribuindo, mas a idéia era outra.

A responsabilidade social deve ser realizada somente pelas grandes empresas ? Qual o papel da sociedade nisso ?

Acredito que as pessoas, hoje, não fazem idéia do poder que elas tem na mão. Como escrevi anteriormente, o Criança Esperança não consegue arrecadar suas metas anuais, porém o Big Brother, por exemplo, arrecada mais de 50 milhões por semana. Por semana. O que me leva a crer que as pessoas preferem “doar” seu dinheiro jogando em um jogo manipulado e sem cultura, do que na preocupação com o futuro. Aí, quando o circo pega fogo, fica fácil culpar o governo por falta de segurança e informação.

Vou continuar discutindo e respondendo perguntas que recebo pelo twitter ou pelos comentários do site, para que possa debater e escrever o Parte 2 com mais propriedade e exemplos, vamos ver o que tenho em mente….


Ações

Information

2 responses

23 08 2010
Responsabilidade Social – Parte 2 « Ielo's Blog

[…] Continuando o meu post sobre responsabilidade social… […]

24 08 2010

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: